facebook

Poema: Dias de Infante

DIAS DE INFANTE

Lembrei-me de quando era pequeno infante
E a alegria transbordou em minha face amarela,
Das brincadeiras em tom de aquarela,
Dos brinquedos de cores vivantes!

Busquei dentro de mim a eterna criança
E tentei trazê-la para o mundo de agora
Somente para saborear os dias de outrora,
Que ficaram guardados na doce lembrança!

Em estado de êxtase por tal felicidade,
Corri feito um coelho por entre a floresta
E por um atalho logo cheguei em minha morada.

Depois fui fazer compras na cidade
Para organizar grande festa
E comemorar com toda criançada!

(Valdemi Calvacante Teixeira)

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Colégio Jatobá ©  1996 - 2018. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido pela Agência Mazag.